Convivendo com vampiros

vampiros de energia_thumb[4]“Você já se sentiu exausto depois de passar horas ouvindo um chato tagarela monologar, dizendo abobrinhas a respeito de si mesmo? Notou como o chato, ao encerrar o falatório, está tão bem disposto que parece ter recém chegado de maravilhosas férias no Caribe? Pois bem: esse chato ou chata pode muito bem ser um “vampiro de energias”. (…) E a energia que ele acaba de sugar é a sua força vital, aquela mesma força que mantém você vivo, ativo, alegre e saudável.”

Existem aqueles que não são conscientes do quanto sugam de energia alheia, mas tem aqueles que sabem muito bem o quanto sugam e o fazem por puro egoísmo e vontade de acabar com os outros. Que é tão podre por dentro que é incapaz de manter uma fonte de energia natural e precisa de uma constante fonte de energia pra sugar.

Sempre válido se autoavaliar se o que você fala sempre se concentra em você. Egocentrismo é a principal característica de um vampiro.

E ficar de olho nas pessoas que te rodeiam se: sempre vivem falando de si, cheias de problemas e os jogando nas suas costas; que todo dia tem uma doença diferente esperando que você se condoa; se te rebaixa ou te elogia demais pra no fim das contas falar só dele; que gruda demais em você sem te dar espaço nunca.

Esse texto ajuda a identificar os vampiros que nós deixamos entrar. Poupe sua energia com esse tipo de gente, se puder, ela nunca traz nada de bom pra você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s