Em busca da Terra do Nunca.

E de uma semana pra outra, muitas coisas mudaram. Decididamente, estou na casa dos 20 com os dois pés .

Essa semana foi incrivelmente intensa, cheia de sentimentos densos e pesados. Me vi em situações que nunca imaginei e/ou nunca quis enfrentar.  Quando algo ruim costumava acontecer, eu me refugiava num cantinho seguro da mente e ficava pensando que nada daquilo era tão complexo ou imaginava o que faria caso não tivesse acontecendo comigo, e por fim, fugia até a situação passar.

Acho que fiz isso a vida inteira. Enfrentar problemas nunca foi o meu forte – o que é muito claro pra mim a situação péssima, em muitos sentidos, em que estou.

Não é mais permitido. Assistir hoje Em busca da Terra do Nunca foi a última carta que eu precisava no jogo pra me mostrar que, infelizmente e com todas as dores que a vida traz, crescemos.

Para completar a semana, acordei hoje e estão tapando a janela do meu quarto. Sinto-me voltando ao buraco do meu quarto anterior. Não é como se eu não pudesse encontrar a luz, é mais sobre tirarem o pontinho de luz do meu espaço de recarregamento de energia que é o meu quarto.

Adeus brisa. Adeus lua. Adeus dias amanhecendo enchendo o quarto de luz dourada… A verticalização urbana sem noção matou vocês.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s